Sunday, February 18, 2007

viagem por estes cantos escuros


pé na embreagem, troca de marcha, acelera. é difícil manter o ritmo. as distrações são muitas em uma noite quente como essa. o suor escorre no rosto e os vidros abertos não conseguem evitar a estranheza do céu frio e do ar quente como de verão sem fim. trânsito ou estrada livre, não importa, a cabeça pesada pende incomodada, se apóia no banco, se ajeita. parei no farol, o primeiro vermelho. por quantos você consegue passar? dura sensação de que o verde jamais apareceria novamente. o verde é de esperança, sabe. o vermelho representa o amor, o amarelo a riqueza, todas essas bobeiras de numerologia e cores e profecias, lendas, é, simpatias e todo o tipo de coisas que nos dão alguma alegria, nos ajudam a escapar da incapacidade, da fraqueza. tão frágil. podendo morrer nesse instante, se aquele caminhão não frear a tempo, se o motorista dormir, se o freio falhar. quem pode ajudar, quem pode evitar?
a rebeldia falhou em sua causa, a luta falhou em sua luta, o espírito cansado se recolheu aos livros e às páginas que sussurram. não gritam. difícil pensar que as pernas já correram tanto e hoje se limitam a apertar os pedais. as mãos que já se estouraram em porradas contra rostos e muros. tão límpidas, tão lisas, tão nobres. cada esquina que passa fica para trás como um passado desconhecido. você vai e pensa que está livre, mas sempre há o retorno mais próximo, o mais distante, enfim, há o eterno retorno e tudo é tão eterno e tão simples que a gente amarra as próprias correntes, assume, entra no jogo e espera que o cadeado seja fechado. esse é seu mundo, você vê? reúne todos seus desejos e guarda no inconsciente, guarda, esquece um pouco. olha a rua esburacada e o pedestre que atravessa devagar. aperta o freio com firmeza e lembra que teus dias já se foram. retrovisor. fantasmas. olha pra frente que a estrada ainda é longa.
sem previsão de chegada.

1 comment:

gabii said...

óia o painel
mto legal neh saber q a gente volui
fiquei mto feliz qdo vc m mostrou o carro, pq ano q vem a gente jah vai poder tirar uns racha
minha irma disse q vai m ensinar a dirigir esse ano
bjss